Modismo Vazio

A moda tem sido muito mais liberal e democrática nesta última década, todo mundo pode tudo, tudo é permitido. Misturar e ousar são as regras da vez. Porém, o que para muitos pode ser tido como libertador, para outros, pode parecer inconsistente e vazio.

Há certo tempo, algo vem me incomodando… Todo mundo parece tão igual, as bolsas, roupas, sapatos e até os cabelos. Já não se percebe mais a identidade de muitas pessoas, parece que todo mundo saiu de um super blog de looks composto por fotos tiradas  em frente ao espelho, e assim, de repente, todas e todos são "It girls" e "It boys". Num consumismo desenfreado que faz parecer que sem a bolsa com o logo X ou  T-shirt com estampa Y, a vida não mais terá sentido algum.

Vestir-se vai além de cobrir o corpo e se aquecer, é uma maneira de se expressar, de exteriorizar sua personalidade, é comportamento, ao menos era… Contudo, na era dos blogs de moda, looks do dia das famosas no Insta e todos os outros  meios disponíveis para a socialização de informações, percebo que poucas pessoas possuem um estilo único, todo mundo anda a passos de zumbi, guiados por um instinto cego de pertencer a algo. Que algo é esse?

Esse papo deve estar parecendo muito cabeção, não é mesmo? Então, para tentar ilustrar minha reflexão apontarei  um fato bobo, mas que pode ajudar a entender melhor o que estou escrevendo. É bom compartilhar dicas de moda, saber o que é tendência, mas o principal e mantar-se sempre o mesmo, e saber o que serve para você, saber adaptar tudo ao seu jeito.

Ouvi-se aqui e ali: “Amiga compra, listras estão na moda, estampa de azulejo português também!” . Mas poucos param pra  pensar  se realmente precisam   e se aquilo tem a sua cara.  “Vamos lá comprar/usar, afinal, a blogueira mais fashionista e popstar do momento está usando. E aquela cantora, você viu o look dela? Vou usar, sou antenada, entendo de moda, tenho estilo! Será?

Toda girl que é it de verdade, precisa ser rápida antes que o modismo acabe. Vejam um bom exemplo do efeito zumbi ao qual me refiro.

Camisa de banda e a moda burra


Outro dia, enquanto passava em frente a algumas lojas, vi  vitrines com várias camisetas da banda Ramones, olhei bem e não eram lojas de artigos de rock, onde eu comprava minhas camisas de bandas na adolescência. Era uma dessas lojas caras e cheias de estilo. Aí, pensei: “Cara, meus amigos e eu fomos tão marginalizados por nos vestirmos assim: tênis surrado, mochilas, braceletes, preto e camisas de bandas”. Para alguns, loucos sem futuro, para outros adoradores do demônio, hahaha! Depois,  passei a ver várias garotas que chamavam-nos de “rockeiros loucos, aff! Detesto rock, aquela bagaceira!”, usando as tais camisetas. Estas mesmas, acreditem,  nem sabem que o nome que estampa sua camiseta é de uma banda punk, e nunca, nunca ouviram nenhuma banda punk na vida, nem irão escutar.

Acabei me perguntando, porque essas pessoas não vestem T-shirts do que realmente apreciam, sei lá, uma T super estilosa do Aviões do Forró ou de algum cantor de sertanejo universitário, seriam mais coerentes com quem são.  Mas isso não seria legal, a fashionista mais “cool” do momento usa a dos “The Ramones”. Muitas pessoas podem dizer: “Oxe! Só porque não gosto, nem entendo de rock, não posso ficar na moda? Claro, my dear! Mas será a mesma coisa que um vegetariano usando uma camiseta da Friboi – incoerência pura!

Na minha mera concepção, ter estilo é refletir o que você é, ser criativo e autêntico. Eu poderia aproveitar do pouco conhecimento que tenho e falar sobre o Punk e suas ideologias, aproveitando os meses de pesquisa da época do meu trabalho de conclusão de curso sobre Pós-punk e Ultrarromantismo,  a fim de fazer algumas pessoas perceberem que podem apenas estar reproduzindo o uso de algo que não condiz com suas preferências. Todavia, isso soaria por demais presunçoso e arrogante. Por isso, serei simples e falarei apenas sobre vestimentas e formas de se expressar.

Depois das vitrines rockers,  vi isso a funkeira mais gatona no momento, Anitta, que usa  e abusa das camisas de banda.  Mulher esperta, gosta de rock, mas se lançou no funk. Garantindo a bolsa de grife, né amiga? Nada contra a moça, viu, antes que me chamem de recalcada”, o adjetivo do momento, heuheuheu.! Modismos até na linguagem… My God!

Camisa de banda e a moda burra1

Abaixo, Anitta e Dani Bananinha com camisa do Nirvana e Van Halen. Acima, a funkeira vestindo Ramones e AC DC. Isso seria causa de morte nos países escandinavos, sabiam? Hahahahha! Lá a galera do rock, especialmente metal extremo, é do mal, tipo xiita, hehehehe!

Mais pessoas podem dizer: “Cada um veste o que quer, garota”!  Mas será mesmo que estamos vestindo o que queremos, o que exterioriza quem somos, ou fomos  todos infectados por um vírus do apocalipse zumbi da moda? Estamos apenas seguindo um bando e repetindo o que os demais fazem ou usam?

Sinto saudades da época em que cada um tinha sua tribo, seu mundinho particular, as pessoas eram mais únicas e criativas. Atualmente, é tudo tão enlatado, tão protótipo de um sistema exacerbadamente consumista e vazio.

Deixo aqui uma imagem da banda Ramones e da  eterna garota do rock,  Joan Jett, usando camiseta do Ramones. O que seria do mundo se não houvesse pessoas criativas, únicas e revolucionárias?

Camisa de banda e a moda burra3

HOJE É TUDO TÃO GENÉRICO!

Este é meu espaço, aqui deixo minha reflexão e comentários agressivos não serão aceitos, saiba expor sua opinião!

27 comentários:

  1. menina! isso vem me deixando muito fula da vida ultimamente! eu era tao olhada de canto qnd saia do meu jeito, como gostava, com minhas camisetas de rock, braceletes, preto e agora qualquer um, que goste ou nao daquilo, sabe nem doq se trata, vem e faz uma papagaiada dessa!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    sei nao!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois, é! Mas a questão maior gira em torno do que discuti, principalmente, no texto. A falta de identidade gerada por esse fenômeno, um grande efeito zumbi, ninguém sabe mais qual seu seu estilo, é apenas consumismo, tudo bem superficial e repetido.

      Excluir
  2. ameeeeeeeeei esse post, era tudo que tava entalado na minha garganta, é tanta gente querendo parecer o que não é , e usando coisas só porque virou modinha. é muita futilidade pra um mundo só! beijos :*

    http://blogcarmelitas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Danila ! Você ainda é uma das poucas "Blogueiras Autênticas" ! Amei o Post! Seria muito bom se todos olhassem pra si e assumisse o que realmente é.. E não se 'Rotular' com embalagens iguais a de outros..
    Bjo ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Jeh, sua opinião é importante!

      Excluir
  4. parabéns ! retrata bem a realidade de hoje em dia ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário,Gabi. volte sempre!
      Abraços!

      Excluir
  5. Concordo totalmente!!! Ultimamente só se vê pessoas seguindo as modinhas....
    felicidademorbida.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário, volte sempre.
      Beijos!

      Excluir
  6. Teu post ficou maravilhoso e resumiu a simples REALIDADE.

    Pq será que as pessoas tem tanto medo de terem estilo de verdade e caem no popular, no que todo mundo aparenta o tempo todo? Medo de Bullying? De rejeição? Estranho né.. Nos tempos de criança viamos cada um com seu estilo na escola: o nerd (de verdade), o roqueiro, a patricinha.. agora.. a patricinha se veste de nerd com camisa de banda de rock e bolsa da MK.. e todos são assim. No minimo, entendiante..

    E sabe, gostaria de ler seus pensamentos pós punk e sobre ultrarromantismo, não seria arrogancia não.. Eu acabei de criar um blog para escrever sobre temas assim, que faz a gente pensar e agregar um pouquinho de conhecimento.. Pq infelizmente, blogs de moda também estão sofrendo desse apocalipse zumbi enlatado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo ótimo comentário, Diana! Volte sempre e deixe o link do seu blog.
      Abraços!

      Excluir
  7. Penso exatamente isso. Muitas nem sabem o que significa a grafia da camiseta ou de qualquer outra coisa que vira epidemia entre elas... Por isso que admiro as francesas, são simples e autênticas.
    Beijos,

    Blog | Facebook

    ResponderExcluir
  8. Eu adorei! Cheguei até comentar no face! (Sou a Beatriz) Você falou tudo!

    E acho que muitos usam, porque gente com influência usa também.

    Beijos!

    www.pontoemcomum.com

    Ps: Adorei a foto do bb! hahaha

    ResponderExcluir
  9. O Thúlio comentava isso comigo lá na UFAL. Ele dizia: "Será que estas meninas não percebem que estão vestidas iguaizinhas?" Isso em 2010, de lá pra cá esta situação só se acentuou. Parabéns pelo blog e pelas colocações, está certíssima!

    Janaína

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem colocado o exemplo, hahaha, o Thúlio é uma figura!
      Obrigada pelo comentário, volte sempre!
      Beijos!

      Excluir
  10. Danila, também fiquei chocada, muito chocada mesmo quando vi lojas incomuns vendendo camisa do RAMONES, levei um susto pra falar a verdade. Comprei uma camisa dessas recentemente pela internet, nem sabia que estavam na moda, mas me encarreguei de por minha identidade nela. Não conheço muito o trabalho da Banda Ramones e muitas outras e por isso seria incapaz de vestir uma camisa duma banda que não conheço. Nada a ver esse modismo. https://www.facebook.com/photo.php?fbid=554943091236522&set=a.302256013171899.72333.100001625082482&type=1&theater

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A causa de tudo isso é o que discuti, o fenômeno no qual as pessoas apenas repetem, não se conhecem, precisão apenas se encaixar em algo e nem param pra lembrar e se perguntarem quem são, do que gostam! Vítimas dos modismos.

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Bem explicado Danila! Atualmente não se veste mais o que se gosta e sim o que se vê em destaque. Particular mente não gosto disso. Me incomoda "ser clone" de outra pessoa no jeito de vestir. eu sou daquelas que gosta de ter peças únicas, que eu use e não veja ninguém com outra igual.Peças bacanas e legais não precisam estar penduradas em todas as vitrines e cobrindo todo mundo como se não houvesse outra roupa pra se comprar e usar! Acho que é por isso que muitos me definem como clássica e até vintage kkkkkkkkkk. Ser brega, punk, rockeira, barbie é problema de cada um, o legal e se sentir bem como se é!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário, Polly! Exatamente isso, qualquer que seja o seu estilo, o importante é ter atitude, ser única e autêntica, isso sim é super fashion e nunca sai de moda.

      Excluir
  13. Embalagens cheias de conteúdos vazios!!! Hehehe uma dualidade referente a muitas pessoas que pesam ser cheias de culturas quando na realidade são vazias de personalidades!! E tudo isso foi colocado aqui. Parabéns Danila Melo!

    ResponderExcluir
  14. Olá Danila, tudo bem?
    Gostaria que entrasse em contato pelo e-mail: natmoura-layouts@hotmail.com para eu te passar o orçamento do "Super pacote". Template + assessoria + personalização das redes sociais

    Bjss
    www.natmoura-layouts.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Também acho que virou modinha qualquer pessoa usar blusas de banda de rock só pq "todo mundo" usa e.e
    Seguindo seu blog, achei uma fofura :3
    Participa do meu cantinho se possível ? http://hooliganforever2.blogspot.com.br/
    Beijoos

    ResponderExcluir
  16. Olá, adorei seu blog, estou te seguindo!!!

    Segue de volta flor?
    http://meninascaentrenos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Concordo com você, muito bom o post. As pessoas saem consumindo moda sem nem se preocuparem se realmente o vestem tem algo haver com elas. E ainda acho uma falta de respeito ver esse tipo de coisa, cada estilo musical vai além de uma simples música eles traduzem ideais, crenças, estilo de vida e tudo mais ... daí vem pessoas que nem sabem o que significa rock o que as bandas representam com seus ideais e talz e saem usando porque aaaa tá na moda. Eu amo ACDC, Led, Guns, Ramones, Ozzy e por aí vai e não preciso por uma blusa deles pra ser descolada e estar na moda eles vão além disso pra mim. Ops falei demais, mas também tenho isso entalado hahahaha

    Ja conhece meu blog By Bianca Condé?
    Dá uma passada por lá, gostando e só seguir.

    http://biancaconde.blogspot.com.br

    Beijos. :*

    ResponderExcluir
  18. Perfeita postagem!Quando era adolescente e ia para shows de bandas punk,todo mundo dizia que era lixo!Ouvir Ramones então...Até deixei minhas T-shirts dos Ramones de molho depois dessa bagaceira de modinha fútil!Parabéns pelo Blog!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, sua opinião é muito importante! Assim que possível responderei sua pergunta. Saiba expressar sua opinião, pois comentários agressivos não serão aceitos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo